Reader Comments

10 Erros Mais Comuns Numa Dieta Para Perder gordura

"Elsa" (2018-04-06)

 |  Post Reply

obter mais informaçőes

O besilato de anlodipino, bem como denominado como amlodipina, é um fármaco anti-hipertensivo bastante popular devido à sua alta eficiência no controle da pressão arterial. O anlodipino faz porção de um grupo de medicamentos populares como bloqueadores dos canais de cálcio da classe das dihidropiridinas. Assim como realizam parcela dessa classe os fármacos nifedipina, felodipina, nicardipina e lercanidipina. Nomes comerciais mais famosos. Atenção: este texto não pretende ser uma bula completa do besilato de anlodipino. Nosso propósito é ser menos técnico que uma bula e mais proveitoso aos pacientes que procuram dicas objetivas e em linguagem acessível ao público leigo.


A amlodipina é um fármaco vasodilatador. Tua ação é exercita a partir do bloqueio da entrada de íons de cálcio nas células musculares dos vasos sanguíneos. Este bloqueio dos canais de cálcio provoca um relaxamento dos vasos sanguíneos, que, por sua vez, circunstância uma vasodilatação e redução da resistência vascular periférica, levando à diminuição da pressão arterial (leia: VALORES NORMAIS DA PRESSÃO ARTERIAL). O anlodipino bem como provoca uma vasodilatação das artérias coronárias, o que aumenta o fornecimento de oxigênio pro miocárdio (massa magra cardíaco). Essa potente ação vasodilatadora é responsável pela eficiência do besilato de anlodipino no tratamento da hipertensão arterial e da angina de peito. Infelizmente, a vasodilatação também é o equipamento por trás de alguns efeitos adversos, como o edema dos participantes inferiores, conforme veremos mais à frente. A principal indicação para o uso da amlodipina é a hipertensão arterial. A amlodipina faz cota de um grupo de quatro classes de anti-hipertensivos que são nos dias de hoje considerados de primeira linha para o tratamento da hipertensão arterial.


Os outros 3 são: diuréticos tiazídicos (ex. hidroclorotiazida, clortalidona e indapamida), iECA - inibidores da enzima de conversão da angiotensina (ex. enalapril, ramipril e lisinopril) e ARAII - antagonistas dos receptores da angiotensina II (ex. losartan, irbesartan e candesartan). Esses remédios são classificados como de primeira recomendado linha, uma vez que são os que apresentam melhores resultados pela precaução de complicações cardiovasculares da doença hipertensiva.


Respeitadas as contraindicações descritas mais à frente, o besilato de anlodipino pode ser usado em cada pessoa, contudo ele é de forma especial capaz no tratamento da hipertensão dos pacientes de raça negra e nos idosos. Nestes 2 grupos, a amlodipina deve ser a primeira ou a segunda alternativa de medicamento pro controle da pressão alta. A amlodipina bem como é uma interessante opção pros pacientes com angina estável ou angina de Prinzmetal. Sua ação é mais competente por esse quadro quando ela é associada a fármacos beta-bloqueadores.


No Brasil, o remédio genérico é habitualmente vendido sob o nome de besilato de anlodipino, durante o tempo que em Portugal, amlodipina é o nome mais comum. Norvasc (remédio de referência). O anlodipino pode ser achado ante a maneira de comprimidos de dois,cinco mg, cinco mg e 10 mg. A dose inicial do anlodipino precisa ser de 5 mg por dia em dose única.


Nos pacientes idosos, a dose inicial pode ser de dois,5 mg, caso o médico considere que o traço de hipotensão após o início do tratamento seja alto. Se depois de sete a quatrorze dias não houver controle da pressão nas artérias, a dose pode ser elevada para 10 mg, que é a dose máxima recomendada deste fármaco. Doses acima de 10 mg por dia não são muito mais eficientes e ainda apresentam elevada incidência de efeitos secundários. Se um paciente que está tomando 10 mg de amlodipina ainda não tiver sob controle a pressão arterial, em vez de aumentar a dose, o mais certo é aliar um anti-hipertensivo de outra classe. O besilato de anlodipino é um fármaco bastante seguro e os seus efeitos colaterais mais comuns não costumam ser graves.


Pela maioria dos pacientes, os efeitos adversos só surgem com a dose de 10 mg por dia. O efeito adverso adverso mais comum é o surgimento de edema nos membros inferiores. Em torno de 10 por cento dos pacientes podem mostrar inchaço nas pernas, que costuma surgir 2 a 3 semanas após o começo do tratamento. Pela maioria dos casos, a redução da dose de dez mg pra cinco mg é bastante recomendado pra reverter este edema. Diuréticos não ajudam a controlar o edema do anlodipino. Por outro lado, a liga com um anti-hipertensivo da classe dos iECA ou ARAII costuma restringir a intensidade do inchaço. O besilato de anlodipino poderá afetar ou ser afetado por outros medicamentos. As principais interações serão descritas a seguir. Suco de grapefruit (toranja). Acabei de lembrar-me de outro website que também pode ser útil, leia mais sugestões nesse outro post recomendado, é um bom blog, acredito que irá desejar.


Antes de escolher essa dieta pra secar e definir o abdômen, você tem que apoiar que ela não poderá ultrapassar 1 mês. A expectativa é que você perca até 6 quilos em somente 30 dias. As dietas ditas são de baixíssimas calorias, por este motivo não se recomenda faze-las por tempo maior do que o indicado. Escolha uma dieta pra secar e definir o teu abdômen e faça-a com muito cuidado, não ultrapasse o limite instituído.



  • Ganho de Massa

  • Diuréticos (leia: DIURÉTICOS)

  • 3 colheres de sopa de milho

  • 1 fatia grossa de abacaxi



Uma forma de tratar a ausência de vitaminas no corpo humano é fazer uso de um polivitamínico, um suplemento que reúne imensas vitaminas na sua constituição e supre a deficiência desses componentes no corpo humano. Será que o polivitamínico engorda? As pessoas que se preocupam com a sensacional maneira, necessitam perder gordura e/ou não desejam acumular quilinhos em exagero claramente questionam se determinado medicamento traz o acrescentamento de peso como um de seus efeitos prejudiciais antes de começar a consumi-lo. Mas e quanto aos complexos de vitaminas?


Será que o polivitamínico engorda? Partindo do ponto de visão calórico, a resposta pra essa pergunta é não, esse tipo de remédio não engorda. Isso já que o teu consumo não oferece calorias ao corpo humano, que é justamente o que estimula o acrescento de peso. Possível efeito no apetite? Quando alguém está carentes de algumas vitaminas, como vitaminas do complexo B, ao fazer a suplementação podes ocorrer um acrescento no apetite.



Add comment