Reader Comments

Feche O Gerenciador De Tarefas E Pare De Se Preocupar Com O Consumo De RAM

"Maria Valentina" (2018-04-14)

 |  Post Reply

clique no seguinte site

Em grupos de conversa de tecnologia, é comum encontrarmos screenshots de usuários comparando o exercício de RAM entre aplicativos ou reclamando de qualquer navegador guloso. Acompanhei essas publicações durante um tempo e descobri estimulado como, pela maioria delas, o consumo total de RAM da máquina mal chegava a 50%. Pois qual o significado de permanecer preocupado com isto? É claro que o consumo de memória tem conexão com o funcionamento da máquina.


Se o Gerenciador de Tarefas apontar que 90% da RAM do pc está sendo utilizada e você depender abrir um software pesado, é viável que a operação demore mais que o esperado. Isso em razão de o sistema operacional vai ter que dispensar espaço pela memória agora — isto é, os detalhes da RAM serão movidos pra swap, no HD ou SSD da máquina. Como o disco rígido e até mesmo o armazenamento em flash são bem mais lentos que cada módulo de RAM, este processo de liberação de memória demora um tempo, o que faz a máquina ficar lenta. Se isso estiver acontecendo com frequência, desta maneira o alto consumo de fato não é bom.


A única forma de resolver obviamente o problema é fazendo um upgrade. Permanecer monitorando quanta RAM está sendo usada no momento é uma perda de tempo, já que teu sistema operacional neste momento faz isto — e, sem ansiar ser grosso, bem mais do que você ou qualquer outro ser humano. Desde o Visibilidade, o Windows tem uma tecnologia chamada SuperFetch. Trocando em miúdos, essa atividade analisa seus hábitos de uso e pré-carrega fatos de aplicativos na memória, para que eles sejam executados de forma mais rápida logo em seguida. Para ler pouco mais desse cenário, você poderá acessar o site melhor referenciado nesse assunto, nele tenho certeza que localizará novas fontes tão boas quanto estas, olhe no link nesse blog: clique em página seguinte. Por causa isso, depois de certas horas de emprego, o Windows consome bastante RAM mesmo com uso suave.


Os sistemas operacionais baseados em Unix, como OS X e Linux, operam de modo aproximado — em alguns casos, são até mais agressivos que o Windows. Repare como, dos quase oito GB de RAM, apenas 254 MB estão livres. Pela lógica, a máquina deveria estar muito lenta, contudo não é o que acontece: na verdade, o sistema operacional está usando a RAM livre, que seria desperdiçada, para fazer cache de fatos e consequentemente aprimorar o desempenho do micro computador.


Grande consumo de RAM não é sempre que não é bom. Porém o alto consumo de RAM não não é bom? Não. Os sistemas operacionais consideram esses dados como sendo de baixa prioridade. Assim que um aplicativo pedir mais RAM, a memória será neste momento liberada, sem prejuízo ao desempenho. Em algumas frases, é bom que o consumo esteja grande: significa que a memória que você comprou com teu dinheirinho suado está sendo bem aproveitada.


  • GPU: Mali-720
  • [mp] O que ocorre no momento em que se se intensifica a quantidade de Memória Principal de um computador
  • A quantidade de pinos do módulo DIMM tem que corresponder ao tipo de soquete
  • Bateria: 6 Celulas 4400mha

Nas plataformas móveis, há outro fenômeno: como os aplicativos rodando em plano de fundo continuam gastando RAM, o consumo costuma ser grande. Seria um absurdo pedir que um usuário comum fechasse os aplicativos em background para continuar usando o celular ou tablet, deste jeito, os sistemas operacionais executam isto automaticamente, de forma transparente e inteligente. Dá certo dessa forma: pra libertar memória, o Android, iOS ou Windows Phone suspendem um aplicativo, pegando o estado salvo na RAM e guardando-o na memória flash do dispositivo.


Se você ter de alternar para um aplicativo que de imediato foi "encerrado", o sistema coloca as informações de volta pela RAM — e claro, isto é rapidamente e produtivo do que abrir um aplicativo do zero, sem nenhum estado salvo. Transferir informações entre RAM e memória flash gasta processamento. Memória livre não serve para nada. O conceito é dificultoso de aceitar, mas fácil de perceber.


A RAM, desta maneira, é absurdamente mais rápida que cada equipamento de armazenamento em massa. Quanto mais RAM se tem, mais RAM se gasta. O que tudo isto significa? E, como você percebeu, teu sistema operacional é suficientemente inteligente pra libertar espaço na RAM quando imprescindível. Portanto, caso tua máquina não esteja lenta, você não tem que desperdiçar seu precioso tempo monitorando quanta memória um software qualquer está consumindo. Em vez disso, use o tempo para ler um livro, pôr as séries em dia ou dormir até mais tarde.


Você poderá ainda remover a memória RAM — um módulo de cada vez — para estabelecer se um módulo específico está com erro e não está sendo detectado corretamente. Se estiver tendo dificuldades relacionados à memória RAM, algumas delas podem estar com erro. Baixe e execute uma ferramenta de teste como o memtest86 ou use a ferramenta de Diagnóstico de Memória do Windows para indicar se a tua memória RAM está funcionando acertadamente.



Add comment