Reader Comments

Mídias sociais Viram Febre Na Procura Por Emprego. Saiba Como Descobrir Tua Vaga

"Paulo Eduardo" (2018-04-14)

 |  Post Reply

O teste de um novo míssil intercontinental na Coreia do Norte interrompeu o que parecia ser uma janela pra negociações entre Pyongyang e Washington, com a intermediação da China. A carência de lançamentos desde quinze de setembro indicava que discussões secretas poderiam estar em curso, apesar de os Estados unidos terem desde em vista disso recolocado a Coreia do Norte na lista de países que apoiam o terrorismo.


O novo teste, ocorrido nessa quarta (vinte e nove), foi recebido com um grau superior de alarmismo. De acordo com o secretário de Defesa dos Estados unidos, James Mattis, o recado é de que Pyongyang pesquisa atingir "qualquer território do mundo". Essa assertiva é baseada na análise do percurso do padrão Hwasong-quinze lançado. Ao ser disparado em trajetória vertical para atingir quatro.475 km de altitude, quase 800 km a mais do que os mísseis Hwasong-14 disparados em julho, o projétil indica tecnicamente possuir um alcance de 13 1000 km num voo normal. Com isso, todo o território americano ficaria vulnerável. No mundo, só América do Sul, Antártica e uns poucos outros territórios estariam a salvo da ameaça —piadas pela internet sobre isto Kim devastar Brasília ficam pra depois.


O problema é que o míssil voou com uma maquete de ogiva, possivelmente mais leve do que uma real, o que avanço seu desempenho. As pequenos bombas de hidrogênio dos EUA, pra uso em mísseis de cruzeiro, pesam cerca de 150 kg. Todavia a maioria das usadas em mísseis balísticos pesa quase quatrocentos kg —e neste instante é bastante miniaturizada. De acordo com o especialista em mísseis do IISS (Instituto Internacional pra Estudos Estratégicos, de Londres), Michael Elleman, o alcance mais provável de um Hwasong-quinze com uma bomba nuclear seria de 8.000 km.


Isso é bastante pra atingir o Havaí, o Alasca e cidades no noroeste dos Estados unidos como Seattle, mas não todo o território americano. A dificuldade, como ele mesmo ressalta, é o problema em saber o que é verdade. A Coreia do Sul, por exemplo, considerou que os comunistas perderam contato com o foguete após teu lançamento, o que levanta questões a respeito do seu sistema de guiagem, porém é irreal ter certeza. Assim como é incerta a alegação do Ministério da Defesa do Japão, segundo a qual o automóvel de reentrada pela atmosfera do míssil partiu-se em três pedaços.


O que se conhece é que o programa de mísseis de Kim avançou muito por este ano. Foram pelo menos 19 lançamentos de modelos abundantes. Elleman é o autor do estudo segundo o qual os motores dos foguetes, que começaram a parar de falhar nos testes, foram contrabandeados da Ucrânia ou da Rússia.


Ambos os países europeus negaram a acusação, entretanto é evento líquido entre especialistas que os novos modelos intercontinentais da família Hwasong ("Marte", em coreano) fazem uso um robusto propulsor fabricado na antiga Combinação Soviética, o RD-250. Nas grandes potências nucleares, o passo de desenvolvimento de um míssil intercontinental é de em torno de 10 anos.



  • Inglêspanhol! Faça o curso de inglês. Clique Neste local

  •  Primeiros passos na liderança

  • um - Utilizar o cartão sem critérios

  • cinco - Segurança

  • Grade de Proteção para Berço



net tv

Até por aqui só foram 3 lançamentos do tipo, teoricamente nenhum deles testando de fato um carro de reentrada, que precisa proteger a carga atômica de altas temperaturas e vibração a uma velocidade de até sete km/s. A ameaça norte-coreana de fazer um teste atmosférico sobre o Pacífico ganha ares dramáticos: se o país não estiver blefando, vai trazer a briga para a península.


No entanto seria irracional fazer alguma coisa sendo assim num primeiro teste de reentrada, com alta oportunidade de falha. O histórico de bravatas de Kim também conta. Apesar dos avanços, a ditadura não parece ter se tornado uma potência nuclear completamente operacional como divulgou nessa quarta. O disparo indica que negociações, se estavam ocorrendo, não foram a lugar qualquer. O "modus operandi" de Kim, de ampliar o grau de ameaça pela pesquisa de concessões, parece estar de volta. O problema é o traço de isso sair do controle e gerar conflito de escalada imprevisível. A reação do Pentágono foi amenizada pelo tuíte do presidente Donald Trump pedindo mais sanções. Eu quase imediatamente tinha me esquecido, pra falar sobre este tema este post contigo eu me inspirei por esse site net https://www.nethd.com.br, por lá você poderá encontrar mais informações relevantes a este artigo.


Digite o nome da rede sem fio no campo "Nome da rede(SSID)". Selecione o método de autenticação da rede e tipo de criptografia nos campos devidos. Escolha WEP caso algum computador que for se conectar a rede ad-hoc estiver com Windows XP. Digite uma senha no campo "Chave de rede" e reconfirme-a.


Clique duas vezes em "Avançar";Digite o nome da rede sem fio no campo "Nome da rede". Selecione a criptografia a ser usada no campo "Tipo de segurança". Escolha WEP caso algum micro computador que for se conectar a rede Ad-Hoc estiver com Windows XP. Digite uma senha no campo "Chave de segurança".



Add comment