Reader Comments

Gibi Não É Pra Criança André Forastieri R7

"João Bernardo" (2018-03-22)

 |  Post Reply

estante para vinilÉ um tanto complicado falar sobre esse livro sem dar spoilers. Nessa adaptação de P. Craig Russell, a cada capítulo vamos acompanhar uma aventura de Nin pelo cemitério, desde sua chegada até ter dez anos. Cada capítulo é ilustrado por um desenhista diferente, cada qual dando sua versão dos personagens e dos cenários de acordo com timbre da narrativa.

Há colecionadores que fazem que é chamado no meio de garimpar". Garimpar é sair pela cidade, em feiras, sebos e antiquários em busca de determinados discos. Poucos são os sentimentos tão prazerosos quanto de encontrar um vinil que há muito se buscava. E, com esforço que é despendido nessas incursões, que algumas vezes podem acabar infrutíferas, é de grande importância adquirir um produto que seja capaz de armazenar muito bem sua coleção.

Toda grande loja de brinquedos costuma vender miniaturas das grandes marcas (Hot Wheels, Greenlight, Johnny Lightning, M2, Maisto). No entanto, assim que a coleção começar a aumentar, sua exigência em adquirir produtos especializados também vai subir. Logo você vai notar que vai ficando cada vez mais difícil encontrar exclusividades.

A biblioteca infantil disponibiliza obras infantis e juvenis, gibis, revistas, em um ambiente alegre e acolhedor. Pode se disser que é a versão fulset dos consoles, este tipo de colecionador não costuma comprar jogos, na maior parte das vezes ele mal costuma jogar, pois objetivo dele e ter a maior quantidade de consoles isto inclui ate mesmo mais de uma versão de cada console, as vezes só pelo fato de serem do mesmo modelo, porem de outra cor ,já se torna alvo deste colecionador.

Quando se fala em Disney, a primeira coisa que todos pensam é que são histórias infantis, mas isso não é bem verdade, essas HQs são muito capazes de agradar adultos também, sendo que alguns títulos são pensados primeiramente para velhos colecionadores. Indique algumas coleções lançadas no Brasil cuja qualidade artística é indispensável para qualquer leitor de quadrinhos que se preze.

ponto mais alto deste tipo de colecionador, que podemos considerar um Hardcore 3, seria que há alguns colecionadores específicos que não se contentam somente com 1 jogo de cada da franquia e vão atrás das versões de cada idioma e ate versões greatets hits ou player choise só para tentarem ter realmente todos de cada, que doidera.

estantesNossas vendas On-Line possuem um sistema de suporte ao comprador 24 horas por dia, 7 dias por semana. Comprando um de nossos produtos pelo site vc receberá em poucos minutos um e-mail automático com todos os nossos fones de contato e meios de pagamento.

E aí temos problema. Quando um opinador usa, para qualificar uma HQ, fica bonito na estante", quer dizer que tudo está errado! Os encadernados precisam existir, mas talvez você leitor, não precise comprar obras com qualidade questionável, apenas para ter uma lombada super bonita na Estante para Discos vinil. A primeira coisa que vocês devem se questionar quando compram algo é: A história é boa e vale todos os reais que vou investir nela?" Pois, quando você compra uma obra, sua primeira experiência deve ser prazer da leitura, por um número de vezes determinado apenas por você, e não para pegar volume e botar na estante para fins de ostentação domiciliar, junto a visitas e amigos nerds".

Com tudo isso, chegamos ao ponto crucial da matéria. que é melhor? Comprar estantes prontas, moduladas, ou fazer um móvel planejado? móvel planejado é mais caro de todos, mas também é a melhor opção de todas. Se a pessoa pode gastar um pouco mais, possui um bom arquiteto de interiores para projetar um móvel com soluções satisfatórias que atenda sua demanda, e conhece um bom marceneiro: terá melhor móvel para guardar sua coleção de quadrinhos. E isso vale para os quadrinhos, para os discos de vinil, para uma cozinha, quarto, ou salas planejadas.

Às vezes me bate a vontade de entender a psicologia do colecionismo. que leva pessoas a quererem juntar, e geralmente ostentar que juntaram, todas as coisas que fazem parte de uma série, um conjunto, um agrupamento. motivo de aquilo ser uma coleção pode ser evidente - todos os números de uma coleção de gibis - ou só existir na cabeça da pessoa. Como fui afetado pelo colecionismo desde cedo, queria entender inclusive por que tem pessoas que não fazem coleção de nada.

Convidada pela organização do evento para contribuir na construção da programação da FLiQ, a historiadora Milena Azevedo, 34, aficionada, estudiosa do assunto e roteirista de HQs, vê na Feira a chance definitiva para fortalecer processo de desmistificação dos conceitos e pré-conceitos que ainda povoam a mente de quem acredita, equivocadamente, que quadrinhos é coisa de criança. Temos grandes talentos espalhados por todo RN, gente que está colaborando e trabalhando à distância para estúdios internacionais, artistas que são mais conhecidos lá fora que aqui no RN", resume Milena. Teremos um lado bem pop, como concurso de cosplay (pessoas que incorporam personagens de quadrinhos) e lançamentos de títulos com a presença de autores, como um lado mais reflexivo, teórico, capaz de mostrar que quadrinho não é só coisa de criança, e que as pessoas que gostam não são alienadas como muitos pensam", aposta.

Add comment