Reader Comments

Como Aproveitar Um Terreno Menor Para Construção De Moradia

"Vicente" (2018-04-13)

 |  Post Reply

Encontre alguns dados para pessoas que pretende elaborar uma casa em um terreno baixo e como fazer pra usufruir melhor o terreno dessa forma não perder muito espaço atingir fazer uma residência de tamanho razoável. Inicialmente não me incomodei muito com esse episódio, entretanto minha esposa resolveu fazer alguns rascunhos daquilo que poderia ser a planta da nossa residência e aí ficou evidente que tínhamos um dificuldade pra resolver.


O problema é que um terreno baixo ou com dimensões muito restritas como essa de caso dificulta muito a constituição de uma planta para a construção da casa. Essa mesma estratégia precisa ser usado para moradia térrea, ou seja, faça construção do lado justo do terreno, por exemplo, e deixe um corredor do lado esquerdo. Mas observe que o corredor deve ter pelo menos um metro e meio, dessa forma você teria só três metros e meio pra fazer a construção da tua residência. Se por acaso você gostou deste artigo e desejaria receber maiores sugestões a respeito do tema referente, veja neste link Visite A Página maiores dados, é uma página de onde peguei boa fração destas dicas.


Porém como cada caso é um caso, o sublime seria mostrar a proposta um arquiteto que considerando as características do terreno poderia aconselhar qualquer coisa e assim sendo auxiliar a maximizar o espaço da construção visando usufruir o máximo do terreno. É melhor fazer a casa pela frente ou fundo do terreno? O que é necessário ter em um quarto de casal em termos de móveis e materiais?


Mão de obra ou objetos: O que gasta mais na construção de uma residência? Ao liquidar um financiamento de casa pela Caixa, tem desconto? Fachada de casas pela Inglaterra. Construção de casas baratas e acessível, realmente compensa? Dá pra financiar qualquer imóvel pelo Minha Moradia Minha vida? Quanto gasta pra fazer a construção de um sobrado? Posso utilizar o FGTS como entrada de financiamento de residência?


Se você tem um quintal ou um jardim bastante espaçoso, este é o momento perfeito para fazer outras modificações. Que tal, tais como, plantar uma árvore ou uma trepadeira posicionada de modo que a sombra da planta impossibilite a luminosidade solar de entrar a um cômodo? Por ser uma medida mais "permanente", é necessário estudar bem o espaço e ter a certeza de que há a circunstância de manter o cômodo em pergunta quentinho no decorrer dos meses mais frios.


De resto, basta pôr a mão na massa e desfrutar a moradia arejada! Ano novo, casa nova? Desde 2000, o instituto - considerado como a autoridade mundial nas cores - divulga uma cor no final do ano para simbolizar aquele que está por vir. Assim como este o "Greenery", tom de verde claro e aberto escolhido pelo instituto para ser o símbolo de 2017, a cor de 2018 poderá assombrar um pouco aqueles que curtem uma decoração mais neutra e claro.


Ainda dessa forma, o tom de violeta levemente puxado para o lilás poderá, sim, ser usado sem que torne um local enjoativo. De acordo com Vieira tons escuros são famosos por atravessar a emoção de que o ambiente é menor e, em vista disso, cores como o "Ultra violet" devem ser utilizadas com parcimônia. Para Vieira, até as pessoas que não curtem uma decoração muito "cheguei" podem apostar na cor do ano.



  • Jardim das Rosas Verde Claro

  • FaçVisite A Página uma luminária

  • Turbinas de vento

  • Fixe Visite A Página esquadria



site vinculado

O ‘Ultra Violet’ é carregado por uma pigmentação marcante. Pra aqueles mais discretos, a dica é apostar nos pequenos instrumentos, como abajures, vasos, quadros, tapetes ou peças decorativas", admite o arquiteto. No banheiro e pela cozinha? Se engana quem pensa que só cores claras e neutras são aceitáveis em banheiros e cozinhas. De acordo com Vieira, tons como a cor do ano da Pantone podem, sim, ser usados em cada lugar, tal externos quanto internos, desde que exista cautela para harmonizá-la com o restante da decoração. No banheiro, uma ideia é usar o tom de violeta em partes das paredes (sempre as contrastando com tons mais claros e neutros) ou em azulejos coloridos, mesmo que pra um detalhe ou outro.


Pela cozinha, é envolvente utilizá-la em um "foco", como nos armários, também mantendo o restante do cômodo mais neutro pro recinto não permanecer tão pesado. Se o ambiente onde você pretende usar a cor for mais imenso e você realmente desejar bastante de roxo, não há defeito algum em se jogar e espalhá-la por todo o cômodo. Pra esta finalidade, você pode apostar em variações da tonalidade ne hora de pintar as paredes, deixando a mais escura para uma das faces e pintando as novas com uma mais clara.


Em um quarto ou uma sala, os acessórios - como roupas de cama e almofadas - também conseguem mostrar-se em tons puxados para o "Ultra Violet", inundando o cômodo numa aura mais misteriosa e, ao mesmo tempo, sofisticada. É essencial, contudo, conservar o restante da decoração acessível. Móveis mais minimalistas em tons sóbrios ajudam a não criar aquela impressão de "muita informação" no recinto.


Um tom que combina bastante com esse violeta é o cobre, que podes apresentar-se, como por exemplo, em lustres e outros instrumentos decorativos. Apesar de móveis geralmente aparecerem em tons mais sóbrios - como preto, marrom, branco e creme -, inovar em cor deles é uma forma de deixar o cômodo mais alegre. Se o recinto tiver as paredes de tons mais neutros, como branco ou cinza, é possível pintar os móveis de tons diferentes, porém que se combinem. Peças na cor "Ultra Violet" combinam bem com algumas em tons claros de amarelo e verde e até cores mais vibrantes, como o vermelho bem aberto.



Add comment