Reader Comments

Suplementos Cerebrais Para Estudantes Funcionam?

"Alicia" (2018-03-23)

 |  Post Reply

O web site Vigilante da Razão Magra resolveu entrevistar o conceituado endocrinologista Flávio Cadegiani para sanar as principais dúvidas dos que desejam perder gordura de modo saudável, todavia por uma explicação desconhecida não atingem o objetivo. As questões são variáveis, entretanto, em sinopse, todos querem saber o que fazer quando se segue a dieta e a redução de calorias saudável não acontece. Será que é repercussão de um desequilíbrio hormonal?


Se é isso quais hormônios devo ver de perto e quais exames devo fazer? Ou será que ganhei massa magra e fiquei mais pesado pela balança? Caso você gostou nesse artigo e amaria ganhar mais informações sobre o conteúdo referente, visualize nesse hiperlink Testogar https://dicasdemusculacao.com.br/testogar-propinato-de-testosterona/ maiores fatos, é uma página de onde peguei boa porção destas informações. Como usar um procedimento acessível pra verificar o emagrecimento? Ou será que a dieta não tem funcionado por causa de estou dormindo menos do que preciso? Que alimentos devo consumir para equilibrar meu organismo? Qual a importância dos hormônios no modo de perda de calorias?


Flávio Cadegiani (F.C.) - O equilíbrio hormonal é fundamental pra que o organismo tenha uma resposta adequada à dieta e à atividade física. No entanto, só desequilíbrios hormonais francos, ou seja, que observamos baixos ou altos níveis em relação aos valores de referência que podem interferir nesse modo. Neste momento tive vários pacientes que faltavam apenas a reposição hormonal adequada pra que conseguissem perder gordura. Diversas destas pessoas com disfunções hormonais percebem que o esforço é em vão. É aí que o endocrinologista entra.


O desequilíbrio hormonal pode prejudicar a redução de peso e simplificar o ganho de gordura? O principal é o hormônio da tireoide. O hipotireoidismo (baixa produção de hormônios da tireoide) não deixa ninguém obeso (bem que possa ceder 2-3kg a mais na balança), porém dificulta e muito a perda de gordura. Como deixar o corpo em equilíbrio? F. C. - Um dos grandes aspectos que ainda é pouco comentado é o sono. O sono de bacana qualidade emagrece, do mesmo modo a inexistência de sono engorda.



  • 2 séries de quinze repetições

  • Tomografia computadorizada (CT)

  • 6 claras em neve

  • Quais são o fatores de risco



tpc

Hcg Tenho pacientes que bastaram dormir para conquistar perder calorias, em razão de não estavam dormindo justo. O sono de peculiaridade se intensifica a produção de testosterona, de GH e de hormônios tireoidianos, e diminui a produção de cortisol. A falta gera exatamente o consequência hormonal oposto, que deixa muito propício o ganho de peso. Atividades físicas regulares também ajudam a aprimorar a elaboração de GH, testosterona e hormônios da tireoide, e a comprido período reduzem a liberação de cortisol.


O excesso (no entanto tem de ser em quantidade exagerada) como maratonas geram o efeito oposto. Alimentação com bons óleos ajudam na produção de hormônios femininos e masculino; castanha do Pará contem selênio, que auxílio pela saúde da tireoide; e proteínas mantém um excelente equilíbrio hormonal. Quais hormônios necessitamos seguir e qual a periodicidade que os exames precisam ser feitos? F.C. - Se o paciente não tiver queixas, é improvável que ele tenha alguma disfunção hormonal, e então não tem indispensabilidade de exames hormonais.


Pacientes com queixas como fadiga e cansaço necessitam ser investigados para problemas de tireoide, de GH, de testosterona, de menopausa e de cortisol, ainda que a razão mais comum seja um estresse crônico ou distúrbios do sono. Em geral não existe uma rotina para solicitação de exames hormonais. Qual o percentual de gordura ideal pra homens e mulheres atletas e não atletas?


F.C. - A curva de riscos em geral é em "J". Quer dizer, ainda que muita gordura traga muito risco, a inexistência de gordura também é um defeito. Homens com menos de 6% e mulheres com menos de quatorze por cento de gordura têm acréscimo de oportunidade de imensas doenças. Mulheres neste momento abaixo de 18% eliminam fertilidade, e quando chega a 12% são capazes de parar de menstruar. Por outro lado, os homens não conseguem passar de 20%, e as mulheres de 28 por cento, pelo recurso de bioimpedância ou de densitometria.



Add comment