Reader Comments

Hard-Clock [BR]: Overclock Básico

"Mariene" (2018-04-08)

 |  Post Reply

leia +

Apesar de tantas sugestões e um monte de combinações de configurações possíveis, em sumo só alteramos 6 delas, estas são: A periodicidade; CL; RCD; RP; RAS; CR. O que seriam estas siglas estranhas, elas configuram, a título de exemplo, o tempo de leitura, escrita, cópia e a latência da memória, ou seja, o tempo que ela leva pra executar essas infos. Nunca ouvi discursar, é nova no mercado? E a marca X recebe o título, é propriamente por este motivo que podes encontrar memórias teoricamente iguais, entretanto com desempenho totalmente diferentes.


Com todas estas informações vamos agora ao que realmente interessa, pra fazer o overclock na memória é algo bem fácil, entretanto não deixa de ser trabalhoso, uma vez que testar é a quota mais complicada. Após tudo dito duas coisas ficaram bem claras, quanto maior a frequência melhor, quanto menor a latência melhor, todavia como achar essas latências? Do mesmo modo que encontramos os clock do processador, testar um a um, porém como as lembranças possuem mais de um campo a ser alterado recomendo que altera as latências primeiro antes de transformar a frequência.


Nessa figura estão especificadas aonde se descobrem cada artigo da memória, vale relembrar que a mesma assim como tem êxito com o FSB e se você alterou o mesmo pela BIOS isso afetara o multiplicador da RAM. Por ai em diante. I. As latências variam muito de chip para chip, muitas vão se estabilizar em uma frequência alta com a latência baixa e novas não, assim sendo você precisará localizar como tua memória opera nestes valores. II. Nem sempre é possível acrescentar a periodicidade da memória, para isto sua placa mãe tem que ter suporte a regularidade da qual você quer usar, todavia a latência pode ser reduzida independente da placa mãe. III. Caso você altera a regularidade da memória para um valor que sua placa mãe não suporta seu Micro computador não irá ligar e com isto toda modificação na BIOS será reiniciada pro mesmo ligar. Caso isto não aconteça deixe o Pc desligado por alguns minutos.


A clonagem também dá certo com HDs externos com saída USB, no entanto alguns aplicativos de clonagem são capazes de não reconhecê-los, dependendo do modelo. Também, HDs externos normalmente não são feitos pra serem removidos do case, o que dificulta seu uso como HD nativo caso o disco antigo quebre. Feitas essas observações, em desktops, basta instalar o HD interno em uma das baias sobressalentes e conectar os devidos cabos. Nos notebooks a melhor forma é obter um adaptador SATA ou IDE e conectá-lo rodovia USB. Alguns notebooks maiores (com telas de dezessete polegadas ou mais) possuem uma segunda baia de hd que bem como pode ser usada.


Logo após é preciso utilizar um programa de clonagem de disco severo. Vários deles funcionam através de um CD de boot. Ele exerce uma cópia idêntica do disco rigoroso original, inclusive com todos os arquivos ocultos e de sistema. Isto é uma amplo vantagem, por causa de vários micros vêm com partições de recuperação do fabricante invisíveis e são impossíveis de serem copiadas com um claro copiar e colar.


Após a clonagem, o novo disco funcionará exatamente como o original. Caso haja algum erro, basta trocar o novo disco pelo antigo e o computador voltará a funcionar geralmente pela hora. Várias atualizações talvez sejam necessárias, entretanto nada que impossibilite o uso imediato do Pc. O iG elaborou uma lista com 3 aplicativos pra clonar um HD. A interface do Clonezilla não é das menos difíceis de usar. Todavia o modo automático elimina este defeito. Nele, basta selecionar o HD fonte e o destino e deixar o resto por conta do programa. Agora os usuários avançados irão amar do vasto poder do modo manual. Ele serve para clonar, fazer backup de partições específicas e restaurar.



  1. Preço atraente

  2. Upgrade Memoria RAM - Macbook White late 2009

  3. Memória insuficiente

  4. 2GB - pra atividades leves como, pesquisas na internet, planilhas e textos fácil, e-mails

  5. Swappiness kernel parameter set

  6. Desabilite programas supérfluos da inicialização do sistema



Além do HD externo USB, os backups conseguem ser feitos num DVD ou em um drive de rede local. Por ser um projeto de código aberto, o Clonezilla poderá ser baixado sem custo algum por esse hiperlink. Feito isto, "queime" a imagem baixada num CD e inicialize o micro por ele. Acronis True Image é o melhor aplicativo de clonagem. Sua interface é extremamente fácil até pros mais leigos.


E, caso haja alguma indecisão, cada atividade escolhida tem um passo-a-passo bem explicado. O Acronis True Image Home 2012 oferece recursos como sincronização de detalhes entre micros, agendamento de backups periódicos e três tipos de backup (completo, diferencial e incremental). Ele pode ser rodado direto do Windows ou a partir de um CD de boot formado pelo respectivo aplicativo. Se for preciso fazer uma cópia fiel de um disco rígido com volumes dinâmicos ou diferentes sistemas de arquivos, basta instalar o complemento Plus Pack, oferecido no web site do desenvolvedor. O Acronis True Image podes ser testado grátis por 30 dias.


A amplo vantagem do DriveImage XML é que ele podes rodar diretamente do Windows e, durante a clonagem, o micro poderá ser usado para algumas tarefas. A atividade de clonagem é chamada "Drive to Drive". Em termos de recursos adicionais o aplicativo não necessita nada aos concorrentes de vasto peso. Sua interface deixa a cobiçar, entretanto isso não atrapalha seu uso. Eu quase agora tinha me esquecido, para falar sobre este tema este post contigo eu me inspirei nesse blog visite a próxima no artigo, por lá você poderá encontrar mais informações importantes a esse post.



Add comment