Reader Comments

Governo Divulga Lista De Municípios Que Receberão Cartão Reforma; Confira

"Maria Livia" (2018-04-12)

 |  Post Reply

O Ministério das Cidades divulgou nessa quinta-feira (quatro) tabela com 95 municípios selecionados pelo programa Cartão Reforma. Clique por aqui para acessar a lista dos municípios selecionados. De acordo com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, esta etapa vai favorecer em torno de 17 mil famílias. A meta é que 182 1 mil famílias sejam atendidas até o final de 2018, no momento em que termina o governo Michel Temer. De acordo com o ministério, os cartões desta fase começarão a ser entregues a começar por fevereiro.


O que é o Cartão Reforma? É um benefício pago pelo governo pra compra de instrumentos de construção. A ideia é que as famílias possam reformar, aumentar ou terminar de fazer a moradia própria. Quem podes solicitar o cartão? Famílias interessadas em participar do programa necessitam se inscrever diretamente na prefeitura, Governo do Distrito Federal ou governo estadual. Para escolher quem terá justo ao Cartão Reforma será levada em conta a situação socioeconômica da família e o quanto as casas devem de melhorias. Terão prioridade as famílias com renda mais baixa, que têm pessoas idosas ou com deficiência ou que tenha uma mulher como responsável.


Quem NÃO pode solicitar o Cartão Reforma? Imóvel que fica em área de risco ou em área que não podes ser regularizada. As famílias selecionadas poderão escolher os serviços que necessitam ser feitos na casa, e um técnico da prefeitura irá até o ambiente para apurar se é mesmo possível fazer estes serviços. Preciso devolver o dinheiro depois? O valor não é um empréstimo, assim, não será preciso devolver o dinheiro ao governo.


Mas, o beneficiário fica responsável pelo fornecer mão de obra, instrumentos e ferramentas pra realizar a obra. Onde o dinheiro conseguirá ser usado? O cartão só será capaz de ser usado em lojas de aparato de construção credenciadas pelo Ministério das Cidades. A relação das lojas ainda não foi divulgada. Pela hora da compra, o lojista vai emitir a nota fiscal no sistema do programa Cartão Reforma. Os técnicos da prefeitura necessitam acompanhar as obras, pesquisar se está correndo tudo bem e se os instrumentos que aparecem na nota fiscal estão mesmo sendo usados.


  1. Comece uma modificação de hábitos
  2. Casa 1220, por Alex Nogueira
  3. Banheira de hidromassagem
  4. Eles não duram em tal grau quanto móveis habituais
  5. Olha o nível
  6. quatrorze julho, 2012 às vinte e três:05
  7. sete sinais de que tua residência precisa de uma reforma

O cartão tem validade? O cartão será desbloqueado após a primeira visita da equipe de assistência técnica pela residência da família. Se você chegou até neste local é porque se interessou sobre o que escrevi por esse post, direito? Para saber mais sugestões sobre isto, recomendo um dos melhores web sites a respeito esse foco trata-se da fonte principal no questão, visualize por aqui mais informaçőes. Caso precise pode entrar em contato diretamente com eles pela página de contato, telefone ou email e saber mais informaçőes. O dinheiro pode ser recebido em parcela única ou em até 4 vezes. A validade do cartão poderá variar de quatro a 12 meses, dependendo do serviço a que o beneficiário tiver correto. Mais infos sobre o programa podem ser encontradas no blog do Ministério das Cidades. Correção: Versão original desse texto levava a uma listagem errada de municípios selecionados pelo programa Cartão Reforma. Clique nesse lugar para ver de perto a tabela correta. O link foi corrigido.


No entanto, se de um lado os arquitetos buscavam transformar casas em espaços públicos, reduzindo ao limite tua condição doméstica, de outro os artistas plásticos construíam células vivenciais que subjetivariam o espaço público. Eis aí uma curiosa inversão, e, ao mesmo tempo, penso eu, uma significativa colaboração da arte brasileira -arquitetura incluída, evidentemente- ao mundo. Ações transgressivas que forçaram os limites clássicos da fronteira entre público e privado, vindos pontualmente de um país em que, muito a propósito, a esfera pública parece nunca ter se constituído plenamente como um valor social afirmado.


Com enorme afinidade artística, apesar de discursos e posições ideológicas muito distintas, ambos formularam um espaço novo, mais caridoso e democrático. Um ambiente que recusa o feitio fortemente estabelecido por limites e convenções a priori, e que se abre ao condicionamento intersubjetivo dos múltiplos usuários. Um lugar onde, como dizia Artigas sobre a FAU, "todas as atividades são lícitas".


Dinheiro não nasce em árvore! Para atingir a casa dos sonhos - reformando ou construindo através do zero - é ótimo planejar bem, avaliar todo o recurso e ser qualificado de tomar decisões cortando despesas desnecessárias. Quer esconder o piso frio? Seguem alguns detalhes para economizar dinheiro sem perder a qualidade da construção. Questione os projetos: Não tenha humilhação de questionar cada coisa que você não empreenda.


Faça incontáveis orçamentos e negocie: A compra dos utensílios deve ser realizada de forma inventada. Faça orçamentos em numerosos fornecedores e compre o maior número de itens possíveis de uma só vez. Em vista disso, você consegue negociar desconto e tempo para pagamento. Caso não haja espaço pra guardar tudo é só requisitar que a entrega seja feita parcialmente. Fique de olho pela seleção dos acabamentos: Nem sempre o mais barato ou o mais caro é o mais indicado. Conheça, pesquise, visite lojas e pergunte pros profissionais o que utilizar. O instrumento necessita estar adequado ao emprego (por exemplo, no quintal use piso áspero). Um orçamento de mármores e granitos pode sair na metade do valor dependendo da pedra escolhida.


Itens como pisos, azulejos, luminárias, maçanetas de porta conseguem variar muito de valor. Há incontáveis modelos com preços e acabamentos bem variados. Sonhe verde: Além do gasto de construção, você precisa imaginar no que vai gastar depois, no momento em que for viver. Alguns utensílios sustentáveis são capazes de custar um pouco de maior preço, porém farão você economizar dinheiro nas contas de energia e água. Luminárias eficientes, com lâmpadas LED, e torneiras economizadoras, ou com arejador pela ponta (pra derramar e usar menos água) são investimentos que valem a pena visto que ajudam a diminuir tuas contas.



Add comment