Reader Comments

Tipos De Dieta Low Carb: Do Paleo Ao Slow Carb

"Murilo" (2018-04-12)

 |  Post Reply

O sr. Michel Temer, como presidente em curto mandato, deveria preocupar-se em deixar uma marca positiva de seu governo, e não deixar as ocorrências correrem e se resolverem por si sós. Se continuar deste jeito diante das dificuldades para os quais a população espera providências rápidas, sua imagem será de indolência.apenas clique na página seguinte O sr. Geddel Vieira Lima não merece estar no governo. Michel Temer diz que Geddel fica. Este velho anão do Orçamento domina além da conta?


Temer ficou receoso, amedrontado ou os dois? Num estado sério, de governantes comprometidos com a transparência, a declaração de um ministro de Estado a respeito de atos de vexame e pedido de favorecimento de outro ministro implicaria o afastamento dos envolvidos pra apuração enérgica. No entanto por aqui, nas terras de Cabral & Cia., a permissividade de tolerar interesses pessoais, pareceres tortos de compadrio político, impera sobre o decoro, a imparcialidade e a moralidade. O ex-ministro Calero merece o nosso respeito por não se acovardar na exibição dos motivos (infelizmente, qualquer coisa inabitual nos quadros políticos) de tua demissão.


O perfil político do baiano Geddel é por além da conta conhecido. Tua carreira de deputado, ministro, vice-presidente da CEF e outros postos, no geral, foi marcada por destemperos, atropelos de regras elementares e do respeito a seus pares e subordinados, sempre decorrentes de ações nada republicanas. Desta forma, sua abordagem a Calero - que no jargão militar poderia ser denominado como "chá de galão" - só refletiu o jeito de agir quando empoleirado em cargo político, como o atual. Talvez deste jeito tenha visto sua carreira política/eleitoral desmilinguir - nas últimas eleições seus insucessos foram retumbantes, virou "freguês" de Jaques Wagner et caterva. Sem demora, em nova estripulia, analisando emparedar um colega de Gabinete e atropelar a lei e o rigor técnico dos atos de uma administração responsável, quis sobrepor seus interesses pessoais à lei e ao interesse público. Acabou se dando mal! Acabei de me lembrar de outro web site que também pode ser útil, leia mais dicas neste outro artigo apenas clique na página seguinte, é um agradável site, acredito que irá amar. Apesar de que permaneça na Secretaria de Governo, como cooperar direto de um presidente fraco e submisso a interesses nem sempre republicanos, diante da influência do episódio, Geddel imediatamente caiu em desgraça e doravante será visto como "pato manco". ACM definiu definitivamente o conterrâneo no momento em que disse que o único projeto de Geddel é enriquecer.


E desse jeito se faz. Sem projeto pra brasileiros, nordestinos ou baianos. O negócio é grana. Como a todo o momento, com fino didatismo, o embaixador Rubens Barbosa resumiu em seu artigo de ontem (A2) a nova situação em Washington. O tempo urge, o presidente Temer que não o desperdice!apenas clique na página seguinte Sua Excelência está gastando muita energia psíquica e emocional enrolando-se com políticos intimidados pelos próprios desmandos. A eleição nos EUA inquieta, porém não obriga a transportar a sério os excessos de campanha de Donald Trump.


Contra todos os prognósticos, Trump ocupará a Residência Branca em 20 de janeiro, porém até lá não surpreenderá o retrocesso nas propostas de campanha. A de deportar 11 milhões de imigrantes ilegais, cerca de 5% da força de serviço, neste momento foi reduzida à deportação de dois milhões de condenados por crimes em solo americano. O Obama Care será readaptado e o muro na divisa com o México foi alterado para uma cota cercada.


  • 2 latas (680g) de purê de tomate
  • Hipomagnesemia (baixa concentração de magnésio no sangue)
  • 3 - Impossibilitar máquinas e polias
  • sete - Desintoxicação com superlimpeza
  • um punhado de espinafre

O isolacionismo na política externa - incluída a reavaliação das obrigações com a Otan, supostamente beneficiando Rússia e China - acirrará riscos geopolíticos e ameaçará a própria segurança dos EUA. S 4 trilhões, os 30 por cento livres não permitem ao presidente dispor de um centavo sem autorização congressual. Nenhuma autoridade previu a hipótese desta vitória e de salvaguardas? Os nossos problemas estão dentro de casa. Geddel prontamente não aprontou o bastante para ser afastado? Será que Itamar Franco tinha razão ao acusar Geddel de ‘percevejo de gabinete’, ‘vendedor de sigla’ e ‘anãozinho do Orçamento’? As ocorrências que envolvem a demissão do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero não podem ser simplesmente contemporizadas e empurradas pra debaixo do tapete pelo presidente Michel Temer. É Assim sendo QUE SE FAZ? O ex-ministro da Cultura Marcelo Calero diz que renunciou visto que recebeu de outro ministro um pedido impróprio, inaceitável. Contudo, então, é então que se faz?


Abandonar a competição porque ouviu um pedido mau de um colega de semelhante graduação? Acho que é a primeira vez que se vê isto! Ou será que o senhor Calero tinha outros motivos pra renunciar e aproveitou a ocasião? Estranhamente, não vi nenhum repórter perguntar isto a ele. Nesta história envolvendo o amigo insuportável do falecido compositor Renato Russo, o ministro Geddel Vieira, com o logo ministro da Cultura, Marcelo Calero, o mais visível é a decisão tomada pelo segundo de solicitar demissão do cargo.



Add comment